Sindicato Contabilidades Fale com o Presidente Contato

Notícias

Novo procurador-geral do MPT quer alterar forma de atuação do órgão Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2019/10/08/novo-procurador-geral-do-mpt-quer-alterar-forma-de-atua

09 de outubro de 2019, 11h48

Recém-empossado procurador-geral do Ministério Público do Trabalho (MPT), o baiano Alberto Bastos Balazeiro pretende mudar a forma de atuação do órgão. As denúncias deixarão de ser o ponto de partida das fiscalizações. A ideia é trabalhar de forma mais global, a partir de estudos internos. “Estamos buscando um debate de priorização de atuação e vam

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2019/10/08/novo-procurador-geral-do-mpt-quer-alterar-forma-de-atuacao-do-orgao.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

Alberto Bastos Balazeiro: O nosso desafio será pautar a instituição, que, historicamente, sempre atuou sobre denúncias. Vamos atuar não porque um motorista de Uber se queixou, por exemplo, mas porque existe um projeto para preservar profissões da precarização com os aplicativos. Estamos buscando um debate de priorização de atuação e vamos fazer iss

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2019/10/08/novo-procurador-geral-do-mpt-quer-alterar-forma-de-atuacao-do-orgao.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

Valor: Não há consequências ainda perceptíveis?

Balazeiro: Não aconteceu o aumento de emprego ainda e há um grande número de trabalhadores na informalidade. Uma outra questão que nos preocupa é que a reforma passou uma ideia de que se pode tudo. Um exemplo simples é a terceirização. Nenhuma reforma trabalhista derrubou o artigo 2º e o artigo 3º da

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2019/10/08/novo-procurador-geral-do-mpt-quer-alterar-forma-de-atuacao-do-orgao.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

Valor: Como o MPT age nesses casos de assédio moral?

Balazeiro: O MPT pode propor uma ação civil pública. Não será protegida a pessoa em si, mas todas as pessoas daquela empresa. O assédio moral contamina o ambiente de trabalho. Pode ser que o MPT não peça indenização para a pessoa no caso específico, mas ela vai poder aproveitar aquela condenação

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/legislacao/noticia/2019/10/08/novo-procurador-geral-do-mpt-quer-alterar-forma-de-atuacao-do-orgao.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.


Veja outras publicações
SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS BRUMADO, LIVRAMENTO, POÇÕES, BARRA DO CHOÇA E REGIÃO CÓDIGO SINDICAL: 912.005.082.90719-5 CNPJ 03.421.811/0001-54

Logomarga